Mt 12 : 22-26

 

Porque nós Cristãos nos reunimos no templo? Qual o propósito dessas reuniões, cultos? Qual a busca para nós Cristãos? Vamos refletir.

Algumas estatísticas nos mostram que de 10 empresas que abrem, 7 fecham com menos de 5 anos, porque? E porque aquelas que prevalecem não crescem? Olhe para dentro da sua igreja local agora. Você está nela há mais de um mês? Um ano? Dois anos? Três anos? Cinco anos? Dez anos? Grande parte das igrejas locais tem se estabelecido não graças ao homem, mas a Deus, porque não é obra de homem, mas porque não se tem crescido? Já pensaram nisso antes?

Porque o carro fica pronto? Porque existe uma linha, chamada linha de montagem, onde existe cada um com uma função específica a ser realizada, e se um sair do PROPÓSITO, o carro não sai, ele desanda.

O que quero dizer e o Espírito Santo de Deus quer que você entenda é que: Se seu irmão estiver furando uma cisterna e você jogando terra por cima, a cisterna nunca ficará pronta e você vai matar seu irmão, agora vamos espiritualizar: não é uma morte física, mas uma morte espiritual.

Quando estamos em uma guerra temos duas frentes, o aliado e o inimigo, se você não é aliado, você é inimigo, pode um lado vencer se os integrantes daquele lado começarem a se matar? Claro que não amados. A igreja de Cristo tem que começar a entender esse princípio que Jesus nos deixou tão explícito e o salmista nos fala em Sl 133:1 (Oh! Quão bom e agradável que os irmãos vivam em união), essa união não trata apenas de “Olá, a Paz seja convosco”, mas trata também de um trabalho único, em uma única visão.

O mundo tem que ver diferença nos filhos de Deus para que possam ‘provar’ do mesmo Deus que nós. O ímpio olha para o mundo e vê uma sociedade dividida, um mundo globalizado, porém dividido, os lares divididos, em seu trabalho a divisão, e jamais pode olhar para a Igreja de Cristo e ver a mesma divisão. O Senhor nos escolheu para fazermos a diferença no mundo e não para compactuarmos com as mesmas práticas. Puxa…agora sim, será essa a resposta pela falta de crescimento de nossas igrejas? A divisão! Ministérios contra Ministérios, líder contra líder (parece piada e programa de tv), mas não é; é coisa séria.

A causa de Cristo tem que estar muito além de nossos “achismos”, e de nossas vaidades como pessoas. Lembre-se, Ele é o centro de nossas vidas, e não nós.

A igreja de Cristo pode ter várias placas, mas tem que haver um só pensamento e uma só visão, Jesus Cristo!