Salmo 1:1

Vou ser bem prático e objetivo na pergunta:

Quando você está com seus “amigos” do “mundão”, quem chega consegue distinguir você, cristão, dos demais?

Irmão(ã), se a resposta for “não” ou um “talvez” meio de canto de boca, algo tem que ser revisto urgentemente.

Jesus nos disse em Mt 5:14A: Vós sóis Luz do mundo…

Calma lá, se estamos em meio às trevas e não somos diferenciados como luz, estamos fora do propósito de Deus e existe algo errado conosco.

O que me motivou a escrever sobre isso foi ver a facilidade que o povo de Deus se mistura com as práticas mundanas, parece como se misturássemos açúcar na água, que se dissolve rapidamente e não conseguimos distinguir um e outro. Não estou dizendo para você acordar amanhã e dizer: não vou falar mais com A ou B. Muito pelo contrário, que você mantenha um vínculo, mas para que você seja o influenciador, que você não ‘dissolva’ nas práticas dele ou dela.

O versículo do texto mostra muito bem isso:

BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

 

Paulo, enquanto perseguidor, influenciava, e Cristãos eram mortos; enquanto servo de Deus, influenciava e vidas eram salvas. Ou seja, podemos influenciar para a vida ou para a morte.

Não somos desse mundo, mas vivemos nele, mas não somos açúcar que se dissolve na água, mas somos o óleo (ungido), que vira e mexe mas suas propriedades se mantém, podendo ser definido de longe:

Aquele é óleo, aquele é Luz.

 

Mantenha-se “óleo”, resplandeça sua Luz – Mt 5:16

Walter José de Oliveira